Ads Top

I Ching, o Livro das Mutações - Livro Primeiro, Hexagrama 38: K'uei / Oposição

Imagem de 'K'uei / Oposição' - hexagrama número 38, de 64 que fazem parte do I Ching, o Livro das Mutações

Esse texto faz parte da série a respeito do I Ching, o Livro das Mutações, que estamos publicando no blog quinzenalmente. A proposta é apresentar os textos sobre os 64 hexagramas publicados nos livros Primeiro e Terceiro do livro de Richard Wilhelm.

Para entender melhor o que é o I Ching, sugerimos dar uma olhada no post:


Para consultar o índice dos 64 hexagramas, basta acessar:


Cada hexagrama inclui:

  • uma introdução geral, apresentando aspectos básicos do hexagrama;
  • nome do hexagrama (卦名 guàmíng), que por si só já é repleto de simbolismos;
  • texto, também chamado julgamento ou oráculo, que revela em linguagem simbólica o significado do hexagrama e possui poucas frases, tendo a ele sido adicionados comentários e interpretações ao longo dos séculos, a fim de ajudar o leitor a traduzir o ensinamento ancestral;
  • imagem ou símbolo, que apresenta uma mensagem adicional, com um modelo de conduta ou um conselho estratégico para lidar com a situação indicada pelo hexagrama; e
  • os textos das linhas, em número de seis, indicam alternativas ou transformações possíveis das condições retratadas no hexagrama - lembrando que as linhas são contadas de baixo para cima, sendo a linha inferior a primeira.

E isso é basicamente tudo que você precisa saber para continuar. Boa leitura!

Livro Primeiro (o Texto), Hexagrama 38: K'uei / Oposição



Este hexagrama se compõe do trigrama superior Li, a chama que arde tendendo para o alto, e do trigrama Tui, o lago, que flui para baixo.

Estes movimentos são antagônicos. Além disso, Li é a segunda filha e Tui, a filha mais moça.

Apesar de habitarem a mesma casa, pertencem a homens diferentes; por isso suas vontades divergem e buscam objetivos em direções opostas.

Julgamento


OPOSIÇÃO. Em pequenas coisas, boa fortuna.

Quando as pessoas vivem em oposição e distanciadas umas das outras, não podem levar a cabo um grande empreendimento em comum. Seus pontos de vista divergem demais.

Em tais circunstâncias, é sobretudo importante que não se proceda de maneira brusca, pois isto só agravaria a oposição. A ação deve se restringir a uma influência gradual em aspectos menores.

Aqui, ainda se pode esperar um sucesso, pois trata-se de uma situação em que a oposição não exclui por completo a possibilidade de um entendimento.

Em geral, a oposição aparece como um obstáculo, mas quando ela representa polaridades contrárias no interior de um todo que as engloba, tem uma função benéfica e importante.

As oposições entre o céu e a terra, o espírito e a natureza, entre o homem e a mulher, promovem a criação e a multiplicação da vida quando se descobre serem as diferenças complementares entre si.

No plano das coisas visíveis, a oposição possibilita a diferenciação em categorias, pela qual se estabelece a ordem no mundo.


Imagem


Acima o fogo, abaixo o lago: a imagem da OPOSIÇÃO. Assim, o homem superior mantém sua individualidade em meio à comunidade.

Os dois elementos, fogo e água, mesmo quando estão juntos, nunca se misturam, porém, conservam sua natureza própria.

Do mesmo modo, o homem superior também nunca se deixa levar à vulgaridade em virtude do convívio e de interesses comuns com pessoas de índole diversa da sua.

Apesar de toda a proximidade, ele sempre preservará sua individualidade.

Textos das linhas


Círculos opostos em preto e branco, em paredes ladeadas de cor inversa, por trás de uma árvore seca: ilustra a seção a respeito dos textos das linhas de ''K'uei / Oposição'', um dos 64 hexagramas do I Ching, o Livro das Mutações


Nove na primeira posição significa: o arrependimento desaparece. Se você perde seu cavalo, não corra atrás dele. Ele voltará por si mesmo. Quando você encontrar pessoas más, acautele-se contra erros.

Mesmo em épocas de oposição é possível agir de modo a evitar erros, de forma que o arrependimento desapareça.

Quando a oposição surge, não se deve tentar forçar a união; procedendo assim, o resultado seria, sem dúvida, o contrário, tal como um cavalo se afasta cada vez mais quando é perseguido. Se o cavalo é nosso, podemos deixá-lo seguir tranquilamente, pois voltará sozinho.

Do mesmo modo, quando um homem ligado a nós se afasta como consequência de um mal-entendido, voltará espontaneamente se o deixarmos agir em liberdade.

Por outro lado, devemos ser cautelosos quando pessoas maldosas que não pertencem ao nosso meio forçam sua presença - também como consequência de um mal-entendido. O importante aqui é evitar erros: não se deve pretender afastá-los com violência, pois isso intensificaria ainda mais a hostilidade.

Ao contrário, é necessário simplesmente tolerá-los, pois, com o tempo, se retirarão por sua própria iniciativa.

Nove na segunda posição significa: ele encontra seu senhor numa rua estreita. Nenhuma culpa.

Em virtude de desentendimentos, tornou-se impossível a pessoas cujas naturezas se correspondem aproximarem-se da maneira correta.

Neste caso, um encontro casual, em condições informais, também é aceitável, desde que haja uma afinidade interna.



Seis na terceira posição significa: alguém vê a carroça sendo arrastada para trás, os bois detidos, cortados o cabelo e o nariz de um homem. Nenhum bom começo, mas um bom final.

Às vezes, parece que tudo está contra um homem. Ele se vê barrado e detido em seu progresso, sente-se insultado e ferido.

Mas ele não deve se deixar confundir. Apesar de toda a oposição, é preciso que se mantenha firmemente unido àquele com quem possui afinidade.

Apesar do mau começo, ao final tudo acabará bem.

Nove na quarta posição significa: isolado através da oposição. Ele encontra um homem que lhe é semelhante em natureza, com o qual pode estabelecer um relacionamento leal. Apesar do perigo, nenhuma culpa.

Quando um homem se encontra em companhia de alguém de quem se vê separado por uma oposição interna, isso o conduz ao isolamento.

Mas se nesta situação ele encontra um homem que, em sua essência, em suas bases, lhe corresponde, em quem pode depositar total confiança, ele supera todo o perigo do isolamento.

Sua vontade será bem sucedida e ele livra-se de erros.



Seis na quinta posição significa: o arrependimento desaparece. O companheiro abre seu caminho, rompendo o que o envolve. Se fôssemos a seu encontro, como poderia isso ser um erro?

Um homem leal é encontrado, mas a princípio não é reconhecido como tal, devido ao isolamento reinante. Mas ele abre seu caminho, rompendo o que o envolve e separa.

Quando um companheiro se revela em toda sua essência, é nosso dever ir ao seu encontro e colaborarmos com ele.

Nove na sexta posição significa: isolado em virtude da oposição, vemos nosso companheiro como um porco enlameado, como uma carroça cheia de diabos. Primeiro distendemos o arco em sua direção, depois deixamos o arco de lado. Ele não é um ladrão, no momento devido irá cortejar. Enquanto se segue adiante, a chuva cai; depois vem a boa fortuna.

Aqui há isolamento em virtude de desentendimentos. Ele é provocado por condições internas e não por circunstâncias externas.

Um homem desconfia de seus melhores amigos, considerando-os impuros como porcos enlameados e perigosos como uma carroça cheia de diabos. Ele se coloca na defensiva.

Mas, ao final, reconhece seu erro, deixa o arco de lado e percebe que o outro vem com as melhores intenções, buscando uma estreita união. Assim, a tensão se dissolve.

A união põe fim ao antagonismo, assim como a chuva provoca o alívio da atmosfera sufocante que precede a tempestade.

Tudo vai bem, pois a oposição, ao atingir sua culminância, transforma-se no seu contrário.

Depois de tudo

E aqui alcançamos o final do texto sobre o hexagrama K'uei / Oposição, da primeira parte do livro I Ching, o Livro das Mutações.

Caso tenha interesse, pode adquirir o livro clicando na imagem a seguir:



Para consultar o índice dos hexagramas, clique:

Próximo hexagrama:
  • 39. Chien / Obstrução

Hexagrama anterior:


---

Créditos e referências

Ilustrações e fotos creditadas na ordem em que aparecem no post.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.