I Ching, o Livro das Mutações - Livro Primeiro, Hexagrama 19: Lin / Aproximação

Imagem de 'Lin / Aproximação' - hexagrama número 19, de 64 que fazem parte do I Ching, o Livro das Mutações

Esse texto faz parte da série a respeito do I Ching, o Livro das Mutações, que publicamos no blog quinzenalmente. A proposta é apresentar os textos sobre os 64 hexagramas publicados nos livros Primeiro e Terceiro do livro de Richard Wilhelm.

Para entender melhor o que é o I Ching, sugerimos dar uma olhada no post:


Para consultar o índice dos 64 hexagramas, basta acessar:


Cada hexagrama inclui:

  • uma introdução geral, apresentando aspectos básicos do hexagrama;
  • nome do hexagrama (卦名 guàmíng), que por si só já é repleto de simbolismos;
  • texto, também chamado julgamento ou oráculo, que revela em linguagem simbólica o significado do hexagrama e possui poucas frases, tendo a ele sido adicionados comentários e interpretações ao longo dos séculos, a fim de ajudar o leitor a traduzir o ensinamento ancestral;
  • imagem ou símbolo, que apresenta uma mensagem adicional, com um modelo de conduta ou um conselho estratégico para lidar com a situação indicada pelo hexagrama; e
  • os textos das linhas, em número de seis, indicam alternativas ou transformações possíveis das condições retratadas no hexagrama - lembrando que as linhas são contadas de baixo para cima, sendo a linha inferior a primeira.


E isso é basicamente tudo que você precisa saber para continuar. Boa leitura!

Livro Primeiro (o Texto), Hexagrama 19: Lin / Aproximação

A palavra chinesa Lin tem uma série de significados, difíceis de sintetizar num único vocábulo de uma língua ocidental. As antigas interpretações do Livro das Mutações dão como primeiro significado "tornar-se grande".

O que se torna grande são os dois traços fortes que surgem e crescem embaixo, no hexagrama. Com eles o poder luminoso se expande.

Essa idéia se estende de modo a incluir o conceito de aproximar e, em específico, a aproximação do forte, do que está acima, em direção ao que se encontra abaixo. Finalmente, significa a atitude de condescendência da parte de um homem numa posição elevada em relação ao povo e, também, o início das negociações.

Este hexagrama está relacionado com o décimo segundo mês do calendário chinês (janeiro-fevereiro), quando o poder luminoso começa a ascender outra vez, após o solstício de inverno.

Julgamento


APROXIMAÇÃO tem sublime sucesso. A perseverança é favorável. Ao chegar o oitavo mês, haverá infortúnio.

O hexagrama como um todo anuncia uma época de progresso alegre e esperançoso. A primavera se aproxima. A alegria e tolerância fazem com que o alto e o baixo se aproximem. O sucesso é certo.

Mas é necessário trabalhar com determinação e perseverança de modo a aproveitar plenamente a favorabilidade de tal época. E mais ainda: a primavera não dura para sempre.

No oitavo mês, os aspectos se invertem. Restam então somente duas linhas fortes e luminosas que já não avançam, mas, ao contrário, recuam (ver o próximo hexagrama).

É necessário refletir a tempo sobre esta inversão. Enfrentando o mal antes de ele se manifestar, antes mesmo de seus primeiros sinais, é possível dominá-lo.

Imagem


A terra acima do lago: a imagem da APROXIMAÇÃO. Assim o homem superior é inesgotável em sua disposição de ensinar e ilimitado em sua tolerância e proteção ao povo.

Ao alto, a terra faz fronteira com o lago. Isso simboliza a aproximação e a condescendência do homem em posição elevada para com os que estão abaixo.

As duas partes da imagem indicam sua atitude para com eles. Assim como o lago é inesgotável em sua profundidade, o sábio é inesgotável em sua disposição de instruir os homens.

Assim como a terra é ilimitadamente vasta, sustentando e protegendo todas as criaturas, assim também o sábio sustenta e protege todos os homens, sem impor limites nem excluir qualquer parte da humanidade.

Textos das linhas


Primavera anunciada por diversos tipos de flores amarelas, brancas, azuis, rosas e vermelhas: ilustra a seção a respeito dos textos das linhas de ''Lin / Aproximação'', um dos 64 hexagramas do I Ching, o Livro das Mutações


Nove na primeira posição significa: aproximação em conjunto. A perseverança traz boa fortuna.

O bem começa a prevalecer e a encontrar apoio em círculos influentes. Isso é também um incentivo para que pessoas capazes se aproximem.

É favorável aderir a essa tendência de ascensão. Porém, é preciso não se deixar desviar pela corrente do tempo.

É necessário permanecer persistente no bem. Isso traz boa fortuna.

Nove na segunda posição significa: aproximação conjunta. Boa fortuna! Tudo é favorável.

Quando o estímulo à aproximação vem do alto e o homem possui em seu interior a força e a integridade que tornam prescindíveis as advertências, a boa fortuna se seguirá.

Nem deve o futuro ser causa de qualquer preocupação. Ele está consciente de que tudo na terra é transitório e que a cada ascensão segue-se um declínio.

Mas não deve deixar que essa lei universal do destino o confunda. Tudo está sendo favorável.

Assim, ele percorrerá os caminhos da vida veloz, honesta e valentemente.
Seis na terceira posição significa: aproximação confortável. Nada que seja favorável. Se o homem chegar a se entristecer por este motivo, ficará livre de culpa.

Um homem avança sem encontrar dificuldades, alcança poder e influência.

Mas, por isso mesmo, corre o risco de acomodar-se e, por um excesso de confiança, deixar que uma atitude de cômoda displicência se evidencie no contato com as pessoas. Isso seria certamente nocivo.

Mas é possível uma mudança de atitude. Arrependendo-se de sua atitude errônea e assumindo a responsabilidade inerente a uma posição influente, ele se livrará de culpas.

Seis na quarta posição significa: aproximação total. Nenhuma culpa.

Enquanto as três linhas inferiores indicam a ascensão ao poder e à influência, as três superiores mostram a atitude dos homens que ocupam posições elevadas em relação aos subalternos, a quem concedem influência.

Aqui se fala de um homem liberal, numa posição elevada, que se aproxima de uma pessoa capaz e a convida para participar de seu círculo de amizades, sem se preocupar com a diferença de classe.

Isso é muito favorável.
Seis na quinta posição significa: sábia aproximação. Isto é correto para um grande príncipe. Boa fortuna.

Um príncipe ou alguém em posição de liderança deve ter a sabedoria de atrair para si homens capazes, exímios na direção de negócios.

Sua sabedoria consiste tanto em saber selecionar a pessoa adequada como em evitar interferir, deixando-a livre para agir por si mesma.

Pois só mediante tal atitude de reserva se encontrarão as pessoas acertadas, que preencham todos os requisitos.

Seis na sexta posição significa: aproximação magnânima. Boa fortuna. Nenhuma culpa.

Um sábio, que deixou para trás o mundo, que interiormente já se retirou da vida, pode, em determinadas circunstâncias, decidir voltar mais uma vez a este mundo, aproximando-se dos homens.

Isso significa grande boa fortuna para os homens a quem ele instrui e ajuda. Mas também, para ele, este ato de magnânima humildade não implica culpa.

Depois de tudo

E aqui alcançamos o final do texto sobre o hexagrama Lin / Aproximação, da primeira parte do livro I Ching, o Livro das Mutações.

Caso tenha interesse, pode adquirir o livro clicando na imagem a seguir:



Para consultar o índice dos hexagramas, clique:

Próximo hexagrama:

Hexagrama anterior:


---

Créditos e referências

Ilustrações e fotos creditadas na ordem em que aparecem no post.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Escreva um comentário aí em baixo para o mundo saber o que você achou do post ou do blog. Se preferir, compartilhe o post e nos siga no Facebook ou no Google Plus.