Clássico da Poesia - Parte I - Livro II - Odes 20 a 22


Este é o sexto post de uma série com a tradução dos 305 poemas do Clássico da Poesia (ou Livro das Odes/Canções), a mais antiga coleção de poemas da China. Como não entendo quase nada de mandarim, as traduções serão feitas a partir da clássica versão em inglês com a qual nos brindou James Legge.

Os 3 poemas a seguir fazem parte do Livro II, da primeira parte da obra.

Parte I

Lições dos Estados


Livro II

As Odes de Chao e do Sul



20. Piao You Mei


Ansiedade de uma jovem para se casar


Caindo estão os frutos da ameixeira;
Restam não mais que sete décimos!
Para os senhores que a mim procuram
Este é o momento afortunado!

Caindo estão os frutos da ameixeira;
Restam não mais que três décimos!
Para os senhores que a mim procuram
Agora é a hora.

Caídos estão os frutos da ameixeira;
Em minha cesta rasa eu os recolhi.
Será que os senhores que a mim procuram
[Só] falam sobre isso?



21. Xiao Xing


A grata submissão à sorte que possuem as integrantes inferiores de um harém


Pequenas são aquelas estrelinhas
Três ou cinco delas no leste.
Prontamente à noite nós vamos;
No início da madrugada estamos com o príncipe.
Nossa sorte não é como a dela.

Pequenas são aquelas estrelinhas
E há Orion e as Plêiades.
Prontamente à noite nós vamos,
Carregando nossas colchas e lençóis.
Nossa sorte não é como a dela.



22. Jiang You Si


Ciúme curado; a restauração do clima bom em um harém


O Jiang tem seus braços, que dele saem e pra ele voltam.
Nossa senhora, quando era casada,
Não nos empregaria.
Ela não iria nos empregar;
Mas depois ela se arrependeu.

O Jiang tem suas ilhotas.
Nossa senhora, quando era casada,
Não nos deixaria ficar com ela.
Ela não iria nos deixar ficar com ela;
Mas depois ela reprimiu [tais sentimentos].

O Jiang tem o Tuo.
Nossa senhora, quando era casada,
Não se aproximaria de nós.
Ela não iria se aproximar de nós;
Mas ela soprou aquele sentimento para longe e cantou.



Índice e últimos poemas já publicados



É isso aí. Zái Jiàn!



Créditos

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Escreva um comentário aí em baixo para o mundo saber o que você achou do post ou do blog. Se preferir, compartilhe o post e nos siga no Facebook ou no Google Plus.