Clássico da Poesia - Parte I - Livro I - Odes 9 a 11

Lenha queimando ardentemente à noite

Esse é o terceiro post de uma série com a tradução dos 305 poemas do Clássico da Poesia (ou Livro das Odes/Canções), a mais antiga coleção de poemas da China. Como não entendo quase nada de mandarim, as traduções serão feitas a partir da clássica versão em inglês com a qual nos brindou James Legge.

Os 3 poemas a seguir fazem parte do Livro I, da primeira parte da obra.

Parte I

Lições dos Estados


Livro I

As Odes de Zhou e do Sul



9. Han Guang


Os modos virtuosos das jovens mulheres sobre os rios Han e Jiang


No sul ascendem as árvores sem ramos,
Não provendo qualquer abrigo.
No Han estão meninas a vaguear,
Mas é inútil chamar-lhes.
A amplitude do Han
Não pode ser vencida a nado;
O comprimento do Jiang
Não pode ser navegado com uma jangada.

Muitos são os feixes de lenha;
Eu cortaria os espinhos [para formar mais].
Essas meninas que estão indo para sua futura casa,
Eu alimentaria seus cavalos.
A amplitude do Han
Não pode ser vencida a nado;
O comprimento do Jiang
Não pode ser navegado com uma jangada.

Muitos são os feixes de lenha;
Eu cortaria madeira do sul [para formar mais].
Essas meninas que estão indo para sua futura casa,
Eu alimentaria seus potros.
A amplitude do Han
Não pode ser vencida a nado;
O comprimento do Jiang
Não pode ser navegado com uma jangada.



10. Ru Fen


O carinho das esposas sobre o Ru e seu cuidado com a honra de seus maridos


Ao longo das altas ribanceiras do Ru
Cortei os ramos e caules finos.
Enquanto não podia ver meu senhor,
Senti como se fossem dores de grande fome.

Ao longo das altas ribanceiras do Ru
Cortei os galhos e ramos frescos.
Eu vi meu senhor;
Ele não abandonou-me.

O sargo está mostrando sua cauda toda vermelha;
A Casa Real é como um fogo ardente.
Apesar de ser como um fogo ardente,
Seus pais estão muito perto.



11. Lin Zhi Zhi


Celebrando a bondade da prole e dos descendentes do rei Wên


Os pés do Lin:
Os filhos nobres de nosso príncipe,
Ah! eles são o Lin!

A testa do Lin:
Os netos nobres do nosso príncipe,
Ah! eles são o Lin!

O chifre do Lin:
A nobre linhagem do nosso príncipe,
Ah! eles são o Lin!



Índice e últimos poemas já publicados



É isso aí. Zái Jiàn!


Créditos

  • Foto da fogueira obtida no site Ronaud.com, sem indicação de autoria.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Escreva um comentário aí em baixo para o mundo saber o que você achou do post ou do blog. Se preferir, compartilhe o post e nos siga no Facebook ou no Google Plus.