Frases de Sun Tzu e da Arte da Guerra (III)

Planta de mais um plano infalível do Coiote para pegar o Papaléguas
<< Ah, os planos do inimigo... -- via Hands on Blog >> 

Opa, opa, voltamos com o terceiro post com frases de Sun Tzu e do livro A Arte da Guerra, lembrando que para esta sequência estou me baseando na versão disponível no blog de André Bueno.

Para mais downloads do livro (PDF, etc) A Arte da Guerra, de Sun Tzu, clique no link aí atrás. Para ver as frases de Sun Tzu escolhidas para hoje, é só continuar a leitura.

Aproveite!



Sobre o inimigo

Como regra geral, é melhor conservar um inimigo intacto do que destruí-lo. 

Sobre a cólera

Nunca se deve atacar por cólera e com pressa.

Sobre os planos do inimigo

Um mestre experiente nas artes marciais desfaz os planos dos inimigos.

Sobre poucos contra muitos

A prudência e a firmeza de um pequeno número de pessoas podem chegar a cansar e a dominar até grandes exércitos.


Sobre o triunfo

Triunfam aqueles que sabem quando lutar e quando não.

Sobre vencer sem lutar

Os que ganham todas as batalhas não são realmente profissionais; os que conseguem que se rendam impotentes os exércitos alheios sem lutar, são os melhores mestres da Arte da Guerra


Sobre o conhecimento

Se conheces os demais e te conheces a ti mesmo, nem em cem batalhas correrás perigo; se não conheces os demais, porém te conheces a ti mesmo, perderás uma batalha e ganharás outra; se não conheces aos demais nem te conheces a ti mesmo, correrás perigo em cada batalha.

Todas as frases de Sun Tzu deste post são do capítulo III do livro A Arte da Guerra -- intitulado Estratégia de Ataque.

Títulos alternativos: Da arte de vencer sem desembainhar a espada / Sobre as proposições da vitória e a derrota.

Abraços e tudo de bom!




Nenhum comentário :

Postar um comentário

Escreva um comentário aí em baixo para o mundo saber o que você achou do post ou do blog. Se preferir, compartilhe o post e nos siga no Facebook ou no Google Plus.